CBN SC.png

A CBN é Nacional porque foi constituída sem a contribuição formal de missionários ou obreiros estrangeiros, ou ainda, sem quaisquer recursos financeiros ou outros subsídios de instituições internacionais; nasceu como movimento de igrejas brasileiras, sob a orientação de brasileiros, 100% nacional. Eis o motivo da escolha do termo que a distingue das demais instituições batistas do Brasil.

O princípio da cooperação fraterna e solidária está fundamentado na Bíblia, tanto no Velho como no Novo Testamento, que afirma ter Deus propósitos definidos para o mundo e para o universo que busca alcançar através da participação dos homens em geral e de seus servos em particular.

A cooperação no reino de Deus é a forma de operação que dignifica e exalta os homens. Paulo afirma que somos cooperadores com Deus (1 Co 3.9). Esta coparticipação eleva a cooperação ao ponto mais alto da dignidade, pois dá ao homem o privilégio de trabalhar com o seu Criador e Senhor.

A cooperação é a essência do sistema batista. Trabalhar junto tem sido o segredo da obra realizada. Tem sido o ponto para onde convergem as autonomias e independências, reforçando a interdependência e o compartilhar dos mesmos objetivos. A cooperação é obra de iguais, de companheiros, de livres; porque é resultado da soma de vontades que livremente decidem pela união de forças para a realização de propósitos comuns.

A Convenção como órgão que dá expressão à obra cooperativa dos batistas busca sempre caminhos para fortalecer a visão sinótica de igrejas e crentes, o que possibilita o desenvolvimento das atenções e esforços na direção assinalada como o ponto de interesse comum.

A cooperação a ser buscada e a ser dada tende para a obtenção de resultados cada vez mais expressivos, permitindo o cumprimento dos propósitos e das tarefas indicadas, com a maior eficácia possível.

A cooperação a ser dada deve ser alegre, entusiástica, solidária, nos termos de Eclesiastes 4.9-12 e 2 Coríntios 9.7.

A Convenção em seu propósito de promover a cooperação entende que além daquela cooperação resultante dos vínculos que mantém com igrejas, entidades e órgãos, há outra cooperação igualmente desejada que seja daquelas entidades ou órgãos com os quais as igrejas se associam como é o caso das Associações Regionais, da CBN-SC a serem criadas e outros cujos objetivos se somam aos propósitos da Convenção.

A Convenção representa de forma adequada nos dias atuais, a solução dos batistas para a realização de suas aspirações comunitárias e o tratamento das questões de seu interesse, seguindo a mesma linha dos ensinos e exemplos bíblicos, buscando assim, manter-se fiel ao propósito de Deus de salvar o mundo e adquirir para si um povo peculiar.

Para a realização dos nossos objetivos como CBN-SC, contamos com as orações, participações nos eventos que teremos e muito importante também a priorização do Plano Cooperativo mensal , ou seja, 5% dos dízimos.

A Diretoria da CBN-SC.